Acompanhe-nos

Banner Guia Delivery

Afinal, por que comemorar a data criada da Síndrome de Down?

Afinal, por que comemorar a data criada da Síndrome de Down?
movimentodown.org.br
Imagens de

Hoje, 21 de março, é comemorado o “Dia Internacional da Síndrome de Down” foi proposto pela Down Syndrome International no ano de 2006, porque esta data se escreve como 21/3 (ou 3-21), o que faz alusão ao nome científico (trissomia) que acontece na divisão celular do óvulo, que resulta em um par a mais no cromossomo 21.

Nesse contexto, o nome dessa “síndrome” veio em homenagem ao médico britânico que a descobriu, John Langdon Down, que a descreveu em 1862. Há pessoas que pensam que, por ter sido descoberta por um médico, a síndrome é uma doença, mas na verdade não é. Ou seja, ela é uma mudança genética. Essa “síndrome” não escolhe pessoas, sexo, classe social ou etnia. Além disso, a Síndrome de Down é associada a um atraso intelectual, devido à malformação congênita. Ela é bastante visível. Logo que a criança nasce, percebe-se a síndrome.
Afinal, por que comemorar a data criada da síndrome de Down?

Essa data visa chamar a atenção especialmente das pessoas para conscientizar a população para a inclusão de pessoas com Síndrome de Down, e ressaltar a importância de políticas públicas sobre o assunto.

Atualmente, no Brasil existem aproximadamente 300 mil pessoas com Síndrome de Down, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dos quais 74 pessoas com Síndrome de Down estão ou já estiveram em uma Instituição de Ensino Superior (IES) em cursos não adaptados. Esse número ainda é pequeno, mas vem aumentando no Brasil. A inclusão é o caminho para essas pessoas na vida escolar e profissional aumentando sua possibilidade de desenvolvimento, além de reforçar para sociedade a necessidade de respeito às diferenças, quaisquer que sejam. Enfim, olhe para ela, e não para a síndrome, e você vai descobrir um ser humano tão incrível quanto você. São pessoas que sonham, amam, trabalham, estudam, aprendem e muitas outras coisas.

Segue o link do WhatsApp Multiacessível - Educação Inclusiva na Prática (http://bit.do/multiacessivel_to) desta publicação em que explico de tudo um pouco sobre Ludopedagogia/Psicomotricidade no processo de intervenção da “Síndrome de Down” para a evolução do ensino e aprendizagem.

#Siga nosso Instagram  @multiacessivel_to